AMPLIE SEUS NEGÓCIOS
7 Ideias de Marketing para a Quarentena

Vamos ver algumas dicas de marketing que a sua empresa pode implementar durante a quarentena:

 

1. Não coloque o seu marketing em quarentena

 

Não é porque tudo parou que o marketing da sua empresa precisa parar também! Muito pelo contrário: marketing é algo que pode ser feito de qualquer lugar, até deitado na cama, se for o caso. Então, aproveite esta oportunidade para ter ideias criativas e de bom gosto, sempre mostrando que a sua empresa se importa com a comunidade e, quando cabível, que a empresa está tomando todas as precauções para manter os funcionários e clientes seguros!

 

2. Use e abuse das redes sociais

 

Onde todo mundo está agora? Em casa! Como todos estão? “De saco cheio” de estarem presos, buscando formas de se distrair. Então, que tal usar as redes sociais para estar mais perto dos seus clientes? Contudo, lembre-se de que a concorrência estará maior no período. Portanto, quem se diferenciar mais, leva! E, claro, use o bom senso. Todos estão passando por momentos de incerteza e insegurança. Desse modo, pense primeiro na comunidade, faça algo que gere valor, que mostre que a sua empresa busca o bem-estar comum acima de tudo. Se você só focar em vender, vender e vender, vai pegar mal e queimar a imagem da sua empresa.

 

3. Faça marketing de conteúdo

 

Já faz tempo que conteúdo é o rei do marketing. Afinal, um bom conteúdo ganha bons posicionamentos no Google e aumenta a visibilidade da sua empresa organicamente. Então, se você não puder vender (e mesmo que possa), que tal aproveitar esse tempo para escrever? Escreva, faça vídeos, infográficos, podcasts… todo conteúdo que puder! Mas tem que ser conteúdo de qualidade, que resolva dúvidas, que explique o funcionamento de um produto ou serviço… Tem que ser relevante! Conteúdo é algo que leva tempo para indexar bem, então, se você se antecipar e já começar agora, quando a quarentena acabar, pode ser que você já esteja muito à frente dos seus concorrentes.

 

4. Digitalize tudo o que puder

 

Na quarentena, as empresas estão sendo obrigadas a digitalizar todos os processos possíveis. Portanto, esse é o momento ideal para você digitalizar todas as ações de vendas e marketing da sua empresa. Tente trazer tudo o que está no off-line para o on-line – claro que nem tudo é possível, mas o que for, faça agora. O Brasil ainda estava relutante ao mundo on-line em várias áreas e, provavelmente, com o advento da quarentena, o mundo on-line vai se ampliar cada vez mais, em um processo sem volta.

 

5. Faça uso de benchmarking e tenha novas ideias

 

Veja o que os concorrentes estão fazendo. Faça melhor! Seja mais criativo! Diversifique!  Muita gente me pede dicas de como diversificar em diversos mercados. Uma dica que dou é olhar o que empresas similares estão fazendo fora do pais, principalmente nos Estados Unidos e na China, que estão quase sempre à frente. Outra dica é o que em inglês chamam de “ideate”. É simplesmente você escrever todas as ideias que vêm à sua mente, não importa se a sós ou em grupo. Nenhuma ideia é tola, tem que fazer isso sem preconceitos. Quando você for reler as ideias, pode apostar que, no final, sempre vai extrair uma ou duas ideias boas, pelo menos. Quanto mais ideias, melhor.

 

6. Faça delivery

 

Se a sua empresa não oferece um serviço essencial, como é o caso dos supermercados, farmácias e afins, ela provavelmente já está fechada (depende, claro, da região do país). Então, veja se não é possível oferecer um serviço de delivery. Mesmo que seja algo bem simples, por telefone mesmo – caso seja complicado, caro e leve muito tempo para a criação de um e-commerce.

 

Perto de casa, tem uma loja grande de cosméticos, que só faz vendas físicas. Após o início da quarentena, há um papel na porta, escrito à mão mesmo, com um número de WhatsApp para você fazer o seu pedido, que eles entregam. Simples e eficiente! E nem precisaram criar um e-commerce.

 

7. Faça parcerias com outra empresas

 

Aqui, precisa usar a criatividade. Procure por uma empresa que ofereça um produto ou serviço que possua sinergia com o seu e veja se é possível fazer uma parceria. Por exemplo: um restaurante de bairro, que agora só pode fazer delivery, poderia criar um catálogo virtual com produtos de lojas vizinhas e entregar tudo junto. É um ganha-ganha-ganha: o restaurante ganha uma comissão da loja, que ganha ao continuar vendendo e o cliente ganha por comprar produtos de mais de um fornecedor em uma mesma compra.

 

Viu como dá para ter várias ideais e se diferenciar durante a quarentena? Comece agora mesmo!

 

Fonte: http://www.startse.com/noticia/nova-economia/7-ideias-de-marketing-para-a-quarentena